Kelly & Dilmo.

19/05/2016 por Fernanda Barni de Almeida comentários

Intensidade. Esta é a palavra que, desde o início, resume o relacionamento entre a Kelly & o Dilmo.

Um amigo em comum os apresentou em um bar. A Kelly, que recém tinha terminado um namoro, prometeu a si mesma não namorar por um bom tempo, então, vinha resistindo às tentativas do Dilmo de tornar aquilo um “algo a mais”. Mas, alguns drinks e risadas depois, enfim, resolveu ceder às investidas do rapaz: “Tudo estava indo super bem. Mas, um tempo depois, fui ao toalete com uma amiga, e no meio do caminho, um homem pediu o telefone dela e eu passei a ele o número escrito em um papel. O Dilmo observou a cena de longe e achou que era eu quem estava flertando com o rapaz. Brigamos feio”.

No dia seguinte, arrependido, Dilmo ligou para pedir desculpas e convidou a Kelly para jantar. Ela recusou. Com viagem marcada para a próxima semana, preferiu dar um tempo e acalmar os ânimos. Antes que  partisse, recebeu um carinhoso presente e um cartão lhe desejando boa viagem. Apesar de ainda não ter perdoado o mau julgamento de Dilmo, passou a viagem inteira conversando com ele por telefone.

No retorno, Kelly foi surpreendida com flores no escritório onde trabalha e um cartão com um convite para jantar. Depois de tanta insistência, ela resolveu dar uma nova chance a esta história: “Aceitei o convite um pouco desconfiada, mas me encantei com seu jeito de levar a vida. Logo comecei a me apaixonar por ele. E depois de um tempo e de 15 nãos aos seus pedidos de namoro, nós começamos a namorar”.

Acreditem, não demorou para que o Dilmo percebesse que a Kelly era a mulher de sua vida:

Quarenta dias após tê-lo conhecido, nós começamos a namorar. Com dois meses de namoro, ele se ajoelhou dentro de um avião e me pediu em casamento. Marcamos a data, e sete meses depois, já tínhamos organizado tudo. Resumindo nossa história: antes de completarmos um ano juntos, já estávamos bem casados”.

Apesar de residirem no litoral catarinense, os noivos escolheram a Serra Gaúcha como cenário para o “grande dia” do casal. A festa aconteceu na Caza Wilfrido, em Gramado, no Rio Grande do Sul e contou com decoração moderna assinada por Tok de Arte e delicados doces de Djalmma Reinaldo.

A entrada na cerimônia, que aconteceu na Igreja Matriz São Pedro Apóstolo, foi o momento mais emocionante de toda a comemoração. A Noiva vestia um vestido Ateliê Barcelona em estilo minimalista e em mãos, carregava um romântico terço que foi desenhado por Maurizio Grassi à partir de jóias de família e de um broche com o monograma do casal: “Ao entrar na Igreja, fiz o sinal da cruz e agradeci a Deus por tudo o que nos aconteceu. Nossa história é singular, assim como o nosso amor. Viemos de famílias muito católicas e sem dúvida, sentimos o amor de Deus presente em toda a celebração. É indescritível a sensação de dividir nossa felicidade com todas as pessoas que amamos”.

Acompanhem abaixo, todos os detalhes desta animada festa, através dos cliques da fotógrafa Simoni Di Domenico.

casamento Kelly e Dilmo casamento Kelly e Dilmo 1 casamento Kelly e Dilmo 2casamento Kelly e Dilmo 3 casamento Kelly e Dilmo 4 casamento Kelly e Dilmo 5casamento Kelly e Dilmo 6 casamento Kelly e Dilmo 7 casamento Kelly e Dilmo 8casamento Kelly e Dilmo 9 casamento Kelly e Dilmo 10 IMG_2546 IMG_2900 IMG_297301-57 01-75 01-78IMG_350101 02 34 5 6 7 89 10 11 12 131 2 3 4101 02 03 0405 06 07 08 09 2 3 4 5

Para sentir com maior intensidade o clima de amor que pairava no ar, durante a belíssima celebração deste casamento, assistam ao vídeo elaborado pela H2 Brasil:

postado por
Fernanda Barni de Almeida
Formada em Direito, descobri não ter talento para falar de coisas tristes. Romântica e apaixonada, criei o OMG para falar do que mais gosto: o amor.
comentários