Cartões de agradecimento.

24/05/2013 por Fernanda Barni de Almeida comentários

Educação é bom, todo mundo gosta e NUNCA sai de moda, não é mesmo? E, com toda certeza, posso afirmar: mundo gosta de ser lembrado com carinho. Sendo assim, é muito justo agradecer seus convidados pela presença na festa, pelo presente e realizar um convite para conhecer o seu novo lar.

É possível agradecê-los de muitas maneiras: uma ligação, um email, uma mensagem. Mas, a maneira mais elegante, continua sendo um cartão de agradecimento enviado pelo correio.

Há muitas opções de cartões de agradecimento no mercado: você pode mandar fazer um cartão personalizado com os nomes do casal, ou ainda, pode comprar alguns com os dizeres: Muito Obrigado, Merci (em francês) ou Thank you (em inglês).

Mas, o post de hoje apresenta, ainda, algumas novidades neste seguimento:

image

1) Carimbos personalizados que estampam o endereço dos noivos. Você pode fazer um destes com o novo endereço do casal para agradecer seus convidados após o casamento, mas pode usá-los para sempre (ou enquanto não mudar o endereço). Qualquer empresa que faz carimbos pode te ajudar nesta tarefa.

blog-sarah-lec3a3o-miquc3a9ias-madalena-casamento-selo-personalizado-correios-carolina-pires1

2) Selos personalizados pelos Correios são uma opção muito delicada de “caprichar” no seu cartão de agradecimento. Este selo tem duas partes, uma parte padrão que você escolhe o tema e um outro, colado ao lado, com a imagem que você desejar. Você pode utilizar uma imagem do casal, ou ainda, o monograma do seu casamento. Ficam muito fofos! Eles medem 3cm x 4 cm e podem ser usados em cartas com destinos nacionais e internacionais.

Para fazer o seu, é preciso ir até a agência dos Correios com a imagem em mãos, preencher o formulário de requerimento e pagar uma taxa. Após aprovação da imagem, em 10 dias úteis você receberá os selos no endereço indicado.

Gostaram das idéias? Com certeza seus convidados vão adorar receber estes carinhos!

postado por
Fernanda Barni de Almeida
Formada em Direito, descobri não ter talento para falar de coisas tristes. Romântica e apaixonada, criei o OMG para falar do que mais gosto: o amor.
comentários