Sem paranóia, Noiva!

01/12/2014 por Fernanda Barni de Almeida comentários

10836288_909526332393258_1641125556_n

Todo mundo precisa de hábitos saudáveis! E é importante, SIM, manter a dieta até o dia do casamento, para obter bons resultados. Mas RIGIDEZ absoluta nos hábitos alimentares saudáveis, e até mesmo, um certo afastamento do convívio social, são PERIGOSOS. Até que ponto Noivinha, você está se cuidando para o grande dia ou desenvolvendo uma doença séria?

Quando a maioria das pessoas pensa em transtornos alimentares, imaginam pessoas esqueléticas que se “matam” passando fome ou forçando vômitos. Realmente, estas são imagens típicas dos transtornos alimentares mais comuns, mas há outros tipos de transtorno alimentar, como a ortorexia.

O que é a Ortorexia?

A ortorexia é um transtorno alimentar recentemente diagnosticado, que surge quando a pessoa se torna obsessiva quanto aos padrões daquilo que come. Ao contrário da anorexia ou bulimia, a pessoa permite-se comer, mas fica tão obcecada com O QUE  come, que todos os seus pensamentos ficam ocupados com a DIETA.

Permitem-se apenas alimentos saudáveis e escrutinam o conteúdo nutricional de cada elemento que ingerem. CALORIAS, vitaminas e nutrientes tornam-se o ponto focal da comida e qualquer coisa que contenha o mínimo vestígio do que está na lista do que “não é permitido”, não é consumido.

Embora todos possam se beneficiar ao adotar hábitos saudáveis e ter mais atenção ao que se come, estes “mártires” levam a obsessão com o conteúdo dos seus alimentos ao extremo, e não se permitem, em circunstância alguma, um desvio do seu programa de tipos de alimentos autorizados.

Observe os sinais de Ortorexia:

● Examina cada pormenor do que se encontra em cada alimento?

● Só se permite comer alimentos saudáveis?

● Consegue comer uma refeição preparada por outra pessoa?

● Observa e comenta a maneira como outras pessoas preparam a comida?

● Pensa no conteúdo nutricional durante grande parte do dia?

● Preocupa-se ao comer qualquer coisa que possa não ser “boa” para si?

● Perdeu muito peso recentemente, sem seguir conscientemente uma DIETA?

Efeitos da Ortorexia:

Os ortoréxicos podem ficar seriamente afetados e a comunicação em casa pode sofrer com isso. A pessoa pode começar a isolar-se dos seus familiares s e tornar-se distante, à medida que vai se fixando cada vez mais nas suas regras dietéticas.

O mais sério é o ortoréxico seguir uma dieta que ele ACHA ser saudável, mas que não necessariamente é indicada para ele, pois pode ser que restrinja algum grupo alimentar ou sobrecarregue outro, e a doença causará além de danos sociais e psicológicos, também consequências nutricionais.

Para alguns, a capacidade de desempenhar trabalhos ou de estudar pode começar a declinar, à medida que a sua mente se ocupa cada vez mais com a sua DIETA e com os alimentos que são permitidos, como articulá-los no seu dia-a-dia, quantas vezes se devem mastigar e por aí afora. Há tantos fatores que envolvem estes transtornos alimentares que os pensamentos podem ficar totalmente ocupados por eles, deixando pouco espaço para outros rumos de ideias e a concentração e a motivação acabam por ficar na retaguarda. Você pode até esquecer do seu casamento, e pensar só na dieta.

Como obter ajuda e tratamento:

Como muitos transtornos alimentares, a ajuda de um profissional é normalmente requerida, assim como os tópicos envolvendo o desenvolvimento da desordem precisarão de tratamento, assim como o bem-estar nutricional da pessoa.
O seu médico poderá indicar-lhe onde encontrar ajuda especializada!

Embora a doença não seja tão conhecida como outros tipos de transtornos alimentares, tem potencial igualmente sério para a SAÚDE e está envolto de problemas semelhantes de controle de comportamento em relação aos outros transtornos alimentares.

Então… Sem paranóias, Noivinha!

postado por
Fernanda Barni de Almeida
Formada em Direito, descobri não ter talento para falar de coisas tristes. Romântica e apaixonada, criei o OMG para falar do que mais gosto: o amor.
comentários