Elisa & Jean.

09/06/2014 por Fernanda Barni de Almeida comentários

10428883_504330799695733_151408993_n

Às vezes, por algum motivo alheio à nossa vontade, o que foi planejado acaba não dando certo! Mas pode ficar ainda melhor. Assim foi o pedido de noivado de Elisa & Jean.

“Acho que no quesito SURPRESAS sou um pouco diferente de todas as outras mulheres. Eu adoro ser surpreendida, mas como não tenho paciência para esperar por nenhuma, SEMPRE tento descobrir o que vai acontecer antes da hora.

Por me conhecer muito bem, o Jean planejou em segredo todos os detalhes do pedido de noivado mais lindo e inesperado que eu podia imaginar!

Tudo começou em um sábado, quando estávamos saindo para almoçar com alguns amigos e ele falou: “Amor, na semana que vem nós vamos viajar… Estou um pouco estressado e quero dar uma relaxada.” Olhei para ele e falei: “Ok, para onde vamos?” E ele: “Vamos para a cidade de Torres. Vi uma promoção no site decolar.com e reservei um hotel.” Na hora, já fiquei super empolgada, porque nada é melhor do que um final de semana romântico, não é?

Segunda-feira na faculdade, ansiosa do jeito sou, comecei a procurar restaurantes legais em Torres, para sairmos para jantar… Achei umas opções super legais e já mandei whatsapp pra ele, com prints das fotos no celular e falando “Love, dá uma olhada nessas opções que legais para irmos no find.” Ele respondeu assim: “Sua curiosa, já tenho reservas para tudo! Relaxa, só vais de carona!”

Fiquei ainda mais curiosa, claro. Não podia nem imaginar o que estava acontecendo e também não queria criar expectativa nenhuma. Aí comecei a confabular com as minhas amigas: “O que será que ele estaria aprontando?” kkk Rolaram vários palpites!

No sábado, dia da viagem, saímos bem cedinho de Navegantes – SC, rumo ao nosso destino. O dia estava lindo, um ventinho frio, bem do jeitinho que eu gosto! Chegamos em Torres e a cidade estava lotada! Achei super estranho e comentei: “Que estranho a cidade estar assim tão cheia, não é?” E ele só falou: “Pois é, muito estranho…” Então eu vi escrito em um outdoor: Campeonato de Balonismo na cidade de Torres. Meu sonho sempreee foi andar de balão, e como um bom namorado,  ele não esqueceu!

Aí perguntei: “Quando será que vai rolar este campeonato??” E ele respondeu: “Este final de semana e nós vamos andar de balão. Não era esse o teu sonho??” Imaginem como fiquei feliz, né? O Jean sempre foi de me surpreender, mas essa surpresa foi o ápice, porque era um sonho MESMO!

Chegamos ao campo de balonismo e o piloto falou que não sabia se poderíamos decolar. O balão era muito grande e tinha muito vento, o que era muito perigoso. Mesmo assim, eu estava mega empolgada curtindo tudo, porque os balões dos competidores,  já que são menores, estavam decolando e a gente estava vendo tudo de uma área super privilegiada. A sensação é mágica, juro!!

Apesar do mau tempo, nosso piloto tentou levantar vôo, mas o balão caiu antes mesmo de subir por inteiro (ME-DO!). Assim, ele falou que seria muito perigoso decolarmos. Dois minutos depois disso, caiu um outro balão bem na nossa frente (TENSO!).

O Jean acabou ficando com aquela cara de decepção, né? Mesmo assim, eu estava muito feliz porque o passeio foi lindo e só a intenção de me levar até lá (são mais ou menos 06 horas de viagem) já me deixou a pessoa mais feliz do mundo!!

Saímos do campo de decolagem e perguntei: “Vamos para o nosso hotel?” E ele falou: “Vamos sim, mas o hotel é um pouco longe… É em Criciúma!” Eu com meu jeitinho “SUPER delicado”, falei: “Meu Deus, em Criciúma? Por que tão longe?” E quando eu estava me preparando pra dar uma de chata e ficar reclamando, ele falou “Ah, porque tem um restaurante novo que eu quero conhecer e já fiz nossas reservas”.

Chegamos em Criciúma perto das 19 horas. Tomamos banho, nos arrumamos e saímos. Comecei a perceber que ele estava levemente nervoso, mas ok, achei que ainda era por conta do passeio frustrado de balão!

Chegamos no restaurante e o lugar era realmente um sonho. Pedimos entrada, vinho, prato principal e pedimos a sobremesa. Enquanto esperávamos a sobremesa vir, ele começou a fazer o discurso mais lindo que já ouvi na vida, com os olhos cheio de lágrimas e segurando minha mão.

Eu não conseguia entender o que estava acontecendo e quando ele botou uma caixinha rosa em cima da mesa, tudo girou 360 graus e eu só ouvi sua voz dizendo: “Quer casar comigo?”

10416976_504330796362400_441270170_n

Foi um momento de choros, risadas, beijos, abraços e um SIM com o maior sorriso que eu tinha dentro de mim! O Jean acertou em cheio em TU-DO!!! Me surpreendeu, fez algo especial só para nos dois, sem pai, mãe e cachorro… porque eu realmente nunca quis dividir este momento com mais ninguém!!! Ele fez tudo direitinho e já tinha pedido minha mão para o meu pai antes.

Depois de tudo isso, ele contou que ia me pedir em casamento no balão e o jantar neste restaurante seria a comemoração. Mas pra mim foi PERFEITO do jeito que foi, muito mais do que sonhei! Espero que todo mundo tenha um momento desses na vida, sem preço, nem descrição!”

postado por
Fernanda Barni de Almeida
Formada em Direito, descobri não ter talento para falar de coisas tristes. Romântica e apaixonada, criei o OMG para falar do que mais gosto: o amor.
comentários